Presbiacusia

Presbiacusia

       A audição é um sentido fantástico, através do qual desenvolvemos nosso principal meio de comunicação: a linguagem sonora. Através da audição aprendemos a falar e a entender quando falam conosco.

       O aparelho auditivo é um órgão bastante complexo, com várias estruturas, perfeitamente integradas, com a função de transmitir o som ouvido ao cérebro. Há, no interior do ouvido, células nervosas chamadas “células ciliadas”. Após a passagem do som pelas estruturas de condução sonoras do ouvido, as células ciliares o captam para transmití-lo, como sinais nervosos, ao cérebro. Com o passar dos anos, essas células podem se desgastar e, com isso, causar perda gradual da audição. A esse tipo de perda auditiva damos o nome de presbiacusia. Há diferentes graus de presbiacusia. Isso varia conforme a predisposição genética e pode, também, se intensificar nas pessoas que, durante a vida, ficaram expostas a ruídos intensos. Casos familiares são muito comuns.

       A presbiacusia tem início lento. Há uma perda auditiva pequena e gradual que vai aumentando com o tempo. Inicia-se com a diminuição à sensibilidade aos sons agudos (fininhos) e com o tempo acaba descendo para frequências mais graves. Geralmente, é quando atinge a frequência sonora da fala que a pessoa percebe estar com perda auditiva, pois apresenta dificuldade para entendê-la. A maioria das pessoas afetadas apresenta idade superior aos 60 anos.

       Não há muito o que fazer para prevenir o processo, pois tendo fundo genético, está fora do escopo atual da ação da medicina. Mas pode ser retardado se a pessoa evitar exposição a ruídos intensos. Se trabalha em local de ruído, deve utilizar corretamente os abafadores. Deve-se, também, evitar ouvir músicas em grande volume, shows, muita balada e bailes barulhentos, etc.

       As pessoas acometidas sofrem, podendo apresentar: irritação, ansiedade, medo, déficit de atenção, alteração na coordenação motora, depressão, angústia e sensação de alienação, – já que têm dificuldades para entender o que se fala ao seu redor.

       Pessoas com perda auditiva devem procurar o médico otorrinolaringologista, que saberá orientar o tratamento e, se necessário, indicar aparelho auditivo.

        Para saber mais sobre os ouvidos, acesse: ➥ Zumbido nos Ouvidos

 

canal youtube